Janeiro 27, 2021

Nos EUA, padre é acusado de se envolver com sexo, armas e drogas 

  Um padre católico na Califórnia escandalizou sua comunidade a partir de pesadas denúncias relacionadas ao envolvimento com gangues, drogas e armas – além da prática de  relação sexual com abuso físico. O padre Guadalupe Rios, da Igreja de São José, em Selma, Califórnia  foi colocado em licença administrativa durante uma investigação interna,  de acordo  com Cheryl Sarkisian, chanceler da Diocese de Fresno.

A diocese também conseguiu uma ordem de restrição para que o padre Guadalupe Rios se mantenha a pelo menos 100 metros de distância da igreja, de acordo com o jornal local, The Fresno Bee.

Rios foi acusado de ter uma relação “física” e “romântica” com uma mulher de 41 anos que trabalhava como sua assistente, segundo o Bee, que não a identificou. A mulher encerrou o  relacionamento de quatro anos com o padre, durante os quais, segundo ela, teria sido agredida violentamente, levado um soco no rosto e derrubada ao chão mais de uma vez. Na descrição da mulher, o padre Guadalupe era um consumidor compulsivo de maconha e a teria ameaçado com uma arma num jogo de roleta russa.

Padre Guadalupe Rios, afastado por acusações de agressão, envolvimento sexual e uso de droga

Padre Guadalupe Rios, afastado por acusações de agressão, envolvimento sexual e uso de droga
Reprodução/New York Post/Igreja Católica St. Joseph

– Rios e eu estávamos em sua reitoria quando ele apontou uma arma para a cabeça na minha frente ”, de acordo com o programa de tevê  ABC 30 Action News.

– Quando comecei a chorar em estado de choque, perguntei o que ele estava fazendo e ele me disse: ‘Ou eu vou morrer ou você vai ou nós dois vamos morrer’. Devido ao seu passado como membro de gangue e amigos gângsteres, temo pela minha segurança e pela minha família, continuou ela.

Os oficiais da igreja e a mulher também confirmaram na investigação interna da diocese a ligação do padre com gangues de rua.

Vários paroquianos disseram à Action News que sabiam que Rios estava ligado a uma guangue e viram fotos dele nas redes sociais com rifles de assalto ou uma pistola Magnum .357 de alta potência.

 Melanie Sakoda, especialista de apoio da Rede de Sobreviventes de Abusos por padres, disse ao programa de tevê que as imagens de Guadalupe exibindo armas são por si pertubadoras e deveriam merecer uma ação por parte das autoridades católicas.

Rios também já havia sido condenado em 2016 por dirigir com o dobro de teor alcóolico permitido.

O chanceler da Diocese de Fresno Cheryl Sarkisian emitiu um comunicado em que diz que se trata de uma investigação interna:

– A confidencialidade e privacidade de todas as partes envolvidas serão respeitadas e mantidas, mas posso afirmar que o padre Rios foi colocado em licença administrativa remunerada enquanto a investigação está em curso

O chefe de polícia de Selma, Joe Gomez, disse à Action News que seu departamento não recebeu nenhum relato sobre o suposto crime e nenhum veículo de  comunicação conseguiu entrar em contato com Rios, que enfrentará uma audiência no tribunal em 25 de janeiro.

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp