Fevereiro 26, 2021

Candidatos votam em Macapá em segundo turno de eleição acirrada

Josiel e Dr Furlan votaram neste domingo no segundo turno das eleições municipais de Macapá

Josiel e Dr Furlan votaram neste domingo no segundo turno das eleições municipais de Macapá
GABRIEL PENHA/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Os candidatos à prefeitura de Macapá (AP) Josiel (DEM) e Dr. Furlan (Cidadania) votaram na manhã deste domingo (20) no segundo turno da eleição municipal. Ambos levaram a família para o local de votação e mostraram confiança na vitória. A disputa entre os dois deve ser bem acirrada, segundo as últimas pesquisas de intenção de voto. A apuração será realizada após o fechamento da votação, às 17h.

Josiel Alcolumbre (DEM) votou em uma escola da capital amapaense, na manhã deste domingo (20). Josiel é irmão do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM).

Furlan votou acompanhado da esposa, dos filhos e de apoiadores, na Escola Sesc, no bairro Araxá, na Zona Sul de Macapá. Em 12 de novembro, o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) referendou a decisão do presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, de adiar as eleições municipais em Macapá.

O TRE-AP (Tribunal Regional Eleitoral do Amapá) informou que cinco urnas eletrônicas precisaram ser substituídas. Segundo boletim divulgado às 13h, foram registradas apenas duas ocorrências policiais desde a abertura das urnas, às 7h. Em uma das situações, um eleitor foi flagrado violando o sigilo do voto ao tirar uma self dentro da cabine de votação, o que é proibido. “A Polícia Federal foi chamada para apurar a situação e o eleitor apagou a foto do celular”, informou o TRE-AP.

Cerca de 292,7 mil eleitores de Macapá estão aptos a ir às urnas hoje para votar no segundo turno da eleição municipal. Eles devem decidir quem será o prefeito na legislatura 2021-2024. Na disputa estão os candidatos Dr. Furlan (Cidadania) e Josiel Alcolumbre (DEM).

Macapá foi o único município brasileiro que teve o processo eleitoral deste ano adiado em algumas semanas. A medida foi tomada devido ao apagão de energia elétrica que, a partir de 3 de novembro, afetou a maior parte do Amapá e provocou transtornos à população. O problema foi causado por um incêndio na subestação de energia da capital amapaense.

No primeiro turno, que ocorreu em 6 de dezembro sem registro de incidentes, compareceram 217.161 eleitores (74,19% do total apto a votar).

Conteúdo em Destaque

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
01511993455895